Discotomia Endoscópica

Como se trata uma Hérnia Discal?

O diagnóstico é feito por um exame clínico cuidadoso e RM – Ressonância Magnética, ou, na impossibilidade de realização desta, TAC – Tomografia Computorizada.

Com repouso breve e medicação as queixas desaparecem ao fim de mais ou menos duas semanas, sendo depois necessário evitar pegar em pesos e fortalecer os músculos que sustentam e protegem a coluna para prevenir novas crises. Quando não há melhoras com tratamento conservador prolongado ou quando o adormecimento ou falta de forças no membro se acentuam, existe indicação para intervenção cirúrgica.

DISCOTOMIA ENDOSCÓPICA

Técnica realizada em anestesia local que consiste na abordagem da hérnia discal por um canal/tubo introduzido por um pequeníssimo corte na pele.

Por meio de fibras ópticas, que permitem a visualização num monitor e de instrumentos especialmente desenhados, é possível retirar a hérnia ou fragmentos discais sem perturbar a passagem dos nervos no seu canal, e sem lesar as fibras musculares.

Isto evita a formação de aderências e fibroses cicatriciais que são as complicações mais frequentes das operações clássicas.
Esta técnica pode também ser usada em casos de recidiva da hérnia discal.

Marque a sua consulta









Contactos

Telefone: +351 22 609 0129
Telemóvel : +351 918 793 903
Fax: +351 226 090 130
Avenida da Boavista, 80, 1º
4050-112 Porto
Rua Dr. Carlos Cal Brandão, 48
4050-160 Porto
Segunda – Sexta 07h às 19h